Por Viví Kolér

Varanda pequena tem solução, ou melhor, muitas soluções! Conquistar um terraço charmoso e com privacidade na medida é possível, independentemente da área disponível. O segredo está em aliar aquela dose de planejamento (que faz o melhor uso do espaço reduzido) à escolha de móveis de design inteligente, que são tão bonitos como práticos.

Sua varanda é fechada ou aberta? Qual é o formato – comprido, estreito, mais quadradinho? Além de analisar nessas características, pergunte-se: “Que função desejo para a minha varanda?” A resposta pode aparecer em diferentes formatos: um recanto verde, repleto de plantas; um espaço de relax; um canto de refeições ao ar livre; um refúgio sossegado para a hora da leitura… Tendo em vista o espaço disponível e seus objetivos, fica mais fácil criar um plano a ser colocado em ação.

Oppa! E varanda pressupõe a bem-vinda presença da natureza, seja em peso, seja de um jeito mais sutil, como uma pequena horta, vasos com suculentas, um painel com algumas espécies… Antes de comprar suas plantinhas, no entanto, informe-se sobre as espécies que darão certo no seu espaço, levando em conta a quantidade de sol, vento, umidade…

Varandas fechadas e com boa luminosidade natural podem se tornar uma pequena estufa, acolhendo um mix variados de espécies. Foto: Reprodução Pinterest.

As ideias inspiradoras a seguir ajudarão você a transformar sua varanda tamanho P em um ambiente de sonho!

Mini-lounge para relaxar

Por que achamos que podemos nos sentar confortavelmente apenas na sala de estar? Varandas pequenas podem ser decoradas com o propósito de se
tornarem um verdadeiro oásis em meio à rotina.
Um sofá aconchegante, enfeitado com belas almofadas, é uma ótima pedida. Os sofás modulares podem facilitar na hora de ocupar o espaço de forma otimizada, adaptando-se à área disponível.

Sofás modulares permitem diferentes composições – aqui se vê o Sofá Marajó
Foto: Oppa
Se não couber um sofá na varanda pequena, uma poltrona cumpre bem o papel,
assim como uma aconchegante rede para se espreguiçar! Foto: Reprodução.

Não cabe nem uma poltrona ou uma rede? Então vá de almofadas futon
diretamente sobre o piso ou em cima de uma base de pallet, uma solução descolada e econômica.

Varanda estreita tem jeito – e que jeito! Seixos, deck de madeira, futons e floreiras enchem de graça este pequeno terraço. Foto: Reprodução.

Dica Oppa: fique ligado nos tecidos e móveis utilizados na varanda – se o espaço for aberto, opte por itens impermeáveis e resistentes às intempéries.

Lugar para dois?

Por que sair para jantar quando se tem uma varanda gostosa como esta?
Foto: Reprodução.

Sim, a varanda pequena também pode funcionar como aquele ambiente agradável para uma refeição a dois (ou a três, a quatro… conforme a área permitir). Mesa e cadeiras de design enxuto, bem como bancos e banquetas, combinam
perfeitamente com esse propósito.

Outra possibilidade é lançar mão de uma mesa do tipo bistrô acompanhada de banquetas – assim a varanda pode receber os amigos a qualquer momento.

Amada é o nome desta linha de mesa bistrô e banquetas
altas
– todas as peças dobráveis e superpráticas! Foto: Oppa

Varanda que te quero verde!

Os apaixonados por plantas podem criar sua mini floresta na varanda do apartamento! Com um bom planejamento do espaço, até árvores cabem no terraço. As frutíferas têm feito sucesso, como os pés de limão, pitanga, amora, laranja-kinkan… (Já pensou que incrível fazer água aromatizada com frutos colhidos em casa?)

A parede recoberta de plantas é o ponto alto desta charmosa varanda.
Foto: Casa Claudia/Marco Antonio.

Ter ervas frescas à mão é outra possibilidade: salsinha, cebolinha, alecrim, manjericão e hortelã são algumas espécies que podem compor uma mini-horta na varanda. Que privilégio poder cultivar os próprios temperos!

Varanda colorida: cada vaso contém um tipo de planta, que ganhou uma plaquinha com o nome da espécie. Foto: Reprodução Pinterest.

Para quem deseja apenas aquela pitada de verde na varanda, distribuir alguns vasos de plantas pelo terraço já confere um clima relaxante.

Uma mesa lateral pode reunir vasinhos de plantas de um jeito charmoso e economizando espaço! Foto: Oppa.

7 regras de ouro para varandas pequenas

  1. Menos é mais em espaços exíguos. Isso significa que não vale a pena exagerar na decoração da varanda, que pode ficar carregada visualmente e difícil de transitar.
  2. Por outro lado, nada de monotonia! Por exemplo, alternar tamanhos e os tipos dos vasos e floreiras enriquece a decoração, assim como escolher espécies de alturas, cores e texturas variadas. Acredite: esse tipo de cuidado faz toda a diferença no resultado.
  3. Pense em uma paleta de cores que faça você feliz e crie esse clima em sua varanda. Vale, inclusive, criar um mix de estampas, o que personaliza ainda mais o espaço.
Azul-turquesa, rosa e branco – essa combinação só podia dar certo! Foto: 30s Magazine.

4. Use e abuse dos móveis dobráveis, que saem de cena quando a área for requisitada para outro fim.
5. Fibras, madeira, bambu, seixos… Traga a natureza para perto escolhendo móveis e acessórios feitos de materiais naturais.
6. Paredes vazias? Nem pensar! Capriche na decoração das paredes com quadros, pôsteres, enfeites e até um jardim vertical – por que não?

Homenagem à natureza: nesta varanda pequena, até os quadros trazem a imagem de plantas. Foto: Reprodução Pinterest.

7. Procure criar uma iluminação aconchegante, o que favorece o uso da varanda também ao anoitecer. Um cordão de luz, por exemplo, decora e clareia o espaço (reparou ali em cima na foto da varanda com a mesa posta para o jantar?). Velas também são sempre bem-vindas por criarem uma atmosfera única.

Como é a sua varanda? Que função dará a ela? Quais destas boas ideias colocará em prática? Conte para a gente aqui embaixo!

Post por: Viví Kolér.