Por Viví Kolér

Paris, mon amour! A capital não só do amor mas também do design duas vezes por ano, quando acontece a Maison & Objet, uma das mais importantes feiras de design de interiores, decoração e mobiliário do mundo. Depois de visitar a IMM Colônia 2019 (você precisa conferir o que rolou por lá neste post!), embarquei como correspondente especial da Oppa rumo ao Centro de Exposições Paris-Nord Villepinte com o objetivo de selecionar o créme de la créme de todas as novidades e tendências lançadas por lá!

Panorama da Maison & Objet 2019

Os números comprovam a grandiosidade da feira de design francesa, que soma mais de 20 anos de história: durante cinco dias, 2 910 expositores de todo o globo receberam cerca de 84 mil visitantes de 160 países. Na primeira edição da Maison & Objet deste ano (ocorrida em janeiro), a palavra de ordem foi luxo, sempre acompanhada daquela pitada lúdica.

Tendência de decoração detectada: sobre o sofá amarelo-mostarda, um arranjo de bandejas na parede surpreende as visitas. Oppa! Tapetes e móveis de pelos seguem em alta. Foto: Viví Kolér.
Tendência de decoração detectada: sobre o sofá amarelo-mostarda, um arranjo de bandejas na parede surpreende as visitas. Oppa! Tapetes e móveis de pelos seguem em alta. Foto: Viví Kolér.

Amarelos (também em estofados) e verdes estavam por todos os lados, assim como móveis de design que seguem o low concept: assentos baixos, como puffs
e poltroninhas, conjuntos de mesinhas e outros móveis de dimensões reduzidas correspondem à versatilidade de que precisamos em ambientes de medidas cada vez mais enxutas. E sem perder o charme, é claro.

Na Maison & Objet 2019, o luxo e o lúdico se somaram criando ambientes cheios de personalidade, como este: mesa de metal dourado com tampo de vidro, elegante luminária de piso, puffs de veludo e um simpático enfeite em forma de cachorro. Foto: Viví Kolér.
Na Maison & Objet 2019, o luxo e o lúdico se somaram criando ambientes cheios de personalidade, como este: mesa de metal dourado com tampo de vidro, elegante luminária de piso, puffs de veludo e um simpático enfeite em forma de cachorro. Foto: Viví Kolér.

Em sua palestra durante a famosa feira de design, a especialista francesa Elizabeth Leriche filtrou as tendências em 3 vertentes principais, que batizou de:

  1. Estilo gráfico luxuoso
  2. Estilo arte étnica
  3. Estilo minimalista-brutalista

Vamos conhecer cada uma?

Estilo gráfico luxuoso: decoração inspirada no art déco

Sala ao estilo gráfico luxuoso, exposta na Maison & Objet 2019. Foto: Viví Kolér.
Sala ao estilo gráfico luxuoso, exposta na Maison & Objet 2019. Foto: Viví Kolér.

Eis o estilo de decoração que reinou na Maison & Objet 2019: o estilo gráfico luxuoso remonta à suntuosidade do art déco, com seu visual exuberante, repleto de dourado, formas e cores marcantes.

Sem medo de ser feliz: acabamento alto brilho, candy colors e estampa geométrica dão o tom a este ambiente da Maison & Objet 2019. Foto: Viví Kolér.
Sem medo de ser feliz: acabamento alto brilho, candy colors e estampa geométrica dão o tom a este ambiente da Maison & Objet 2019. Foto: Viví Kolér.

O rosa-nude e o laranja-terracota são as estrelas desta tendência de decoração, aliadas a estampas gráficas, linhas dinâmicas e materiais nobres, a exemplo do mármore. A iluminação caprichada completa o cenário de forma delicada. O resultado? Ambientes de grande riqueza visual, que transmitem, ao mesmo tempo, um clima festivo e bem-humorado.

Sofá de traçado sinuoso, paredes revestidas de acessórios decorativos, mesas de materiais nobres e almofadas com estampa gráfica – três chic o art déco contemporâneo! Foto: Viví Kolér.
Sofá de traçado sinuoso, paredes revestidas de acessórios decorativos, mesas de materiais nobres e almofadas com estampa gráfica – três chic o art déco contemporâneo! Foto: Viví Kolér.

Dica oppa: voltaram à moda as paredes superenfeitadas, com tapeçarias, arranjos de quadros e espelhos decorativos.

Estilo arte étnica – o retorno às raízes

O sofá de veludo verde faz belo par com o papel de parede estampado. Foto: Viví Kolér.
O sofá de veludo verde faz belo par com o papel de parede estampado. Foto: Viví Kolér.

Esta tendência de decoração nos leva a uma viagem em busca de nossas raízes: trata-se da fusão de culturas antigas e distantes, com acessórios tribais, indígenas, tropicais. O estilo arte étnica tem a ver com o desejo pela diversidade, pelo que é único e original. Assim, amarelo, laranja-terracota e rosa vibrante entram em cena para compor com os tons naturais (verdes e marrom) e o preto.

Enfeites com formas de animais e frutas tropicais foram tendência absoluta na Maison & Objet 2019. Foto: Viví Kolér.
Enfeites com formas de animais e frutas tropicais foram tendência absoluta na Maison & Objet 2019. Foto: Viví Kolér.

Viva a floresta tropical! Viva a savana! Os acessórios decorativos exibem macacos, elefantes, palmeiras, abacaxis, onças, flores exóticas… Também cortinas e papéis de parede estampados com esses temas convidam a natureza selvagem a entrar em casa, que se torna um refúgio acolhedor em meio à vida na cidade.

Tendência de decoração detectada: nesta sala de jantar – em que todos os móveis são de materiais naturais –, as cadeiras são de modelos variados. Foto: Viví Kolér.
Tendência de decoração detectada: nesta sala de jantar – em que todos os móveis são de materiais naturais –, as cadeiras são de modelos variados. Foto: Viví Kolér.

No estilo arte étnica, as paredes recebem máscaras, peças cerâmicas, tapeçarias e espelhos redondos para combinar com os móveis de madeira e metal. As fibras naturais – especialmente palha e ráfia – também são convocadas a fazer parte do cenário, decorado com luminárias metálicas e de bambu.

Louça ricamente decorada: coleção EcoArts Amazônia, da marca portuguesa Vista Alegre (https://vistaalegre.com/eu/), feita em parceria com uma ONG brasileira. Foto: Viví Kolér.
Louça ricamente decorada: coleção EcoArts Amazônia, da marca portuguesa Vista Alegre (https://vistaalegre.com/eu/), feita em parceria com uma ONG brasileira. Foto: Viví Kolér.

Oppa! Aqui cabe um parêntese importante: a Maison & Objet 2019 deixou claro que manter a natureza por perto é essencial. Pode ser por meio das cores (verde em paredes e móveis); pode ser enchendo a casa de vasos de plantas ou decorando-a com móveis de materiais naturais (como madeira, mármore, fibras); também vale por meio das formas dos objetos (árvores, animais, paisagens) e pelas estampas de tecidos e papéis de parede!

Que tal samambaias no quarto, cujos móveis são 100% de fibra natural? Ambiente que segue o estilo arte étnica exposto na feira de design francesa. Foto: Viví Kolér.
Que tal samambaias no quarto, cujos móveis são 100% de fibra natural? Ambiente que segue o estilo arte étnica exposto na feira de design francesa. Foto: Viví Kolér.

Estilo minimalista-brutalista: quando o menos é mais

O design clean do estilo escandinavo segue como forte tendência de decoração. Foto: Viví Kolér.
O design clean do estilo escandinavo segue como forte tendência de decoração. Foto: Viví Kolér.

No estilo minimalista-brutalista, a busca da simplicidade fala mais alto, com foco nos estilos nórdico e oriental. É quando preto e cinzas (concreto) se somam ao laranja-terracota, e as formas esculturais surgem de materiais naturais, como a madeira, a pedra e o barro que vira cerâmica. O brutalismo está no material exposto em seu estado puro, natural – daí o nome estilo minimalista-brutalista.

Cenário zen: diante do painel de concreto com a impressão de árvores, a luminária de piso escultórica ladeia o banco de madeira natural. Foto: Viví Kolér.
Cenário zen: diante do painel de concreto com a impressão de árvores, a luminária de piso escultórica ladeia o banco de madeira natural. Foto: Viví Kolér.

Como não poderia deixar de ser, a madeira, o concreto e os materiais naturais são o carro-chefe desta tendência apresentada na Maison & Objet 2019. A valorização de peças únicas – feitas à mão, com carinho e intenção – destaca a importância da sustentabilidade e do consumo consciente.

Pendentes de palha trançada, cadeiras entalhadas à mão e bancos feitos de troncos – quanto mais natural, melhor. Foto: Viví Kolér.
Pendentes de palha trançada, cadeiras entalhadas à mão e bancos feitos de troncos – quanto mais natural, melhor. Foto: Viví Kolér.

Por fim, a iluminação cria a atmosfera de contemplação neste estilo de decoração, criando ambientes em que a tônica é a tranquilidade.

O minimalismo do estilo oriental aparece também em louças e acessórios decorativos. Foto: Viví Kolér.
O minimalismo do estilo oriental aparece também em louças e acessórios decorativos. Foto: Viví Kolér.

O homenageado da vez na Maison & Objet 2019

Toda edição da Maison & Objet tem a tradição de eleger o designer do ano. Desta vez, o profissional laureado foi o alemão Sebastian Herkner, que expôs os ícones de sua produção durante a feira de design francesa. O jovem designer já soma mais de 30 prêmios graças às suas criações, que associam tecnologia de ponta a técnicas tradicionais de artesanato.

Lançamento 2019 para a marca alemã Ames Sala (https://www.ames-shop.de), a cadeira Cielo leva a assinatura do Sebastian Herkner e é produzida artesanalmente na Colômbia. Foto: Viví Kolér.
Lançamento 2019 para a marca alemã Ames Sala, a cadeira Cielo leva a assinatura do Sebastian Herkner e é produzida artesanalmente na Colômbia. Foto: Viví Kolér.

Por falar em design alemão, já conferiu a lista dos Top 10 produtos que amamos na feira alemã IMM Colônia 2019?

8 móveis da Oppa que seguem as tendências da Maison & Objet 2019

Visitar feiras de decoração é o mesmo que assistir a um desfile de moda: os ambientes exageram nas tendências, evidenciando o tom da temporada. Nosso papel é extrair a essência das novidades e dosá-la cuidadosamente em nossa casa, adaptando as ideias a nosso gosto e à nossa realidade. Então vale adicionar à decoração uma pitada da cor da vez, acrescentar um detalhe do material do momento, adotar um tecido que tem se destacado… Conte com a Oppa para incluir as tendências da Maison & Objet 2019 em sua decoração!

  1. Gostou da tendência do low concept? Pois o Puff Tuk é um excelente representante do low sitting.
  2. O minimalismo do Sofá Modus (que é modular – ponto para versatilidade!) confere beleza atemporal à sala de estar.
  3. A Almofada Pindá leva uma pitada do estilo gráfico luxuoso à decoração.
  4. A Bandeja Haddock exibe a cor do momento: laranja-terracota.
  5. Impossível resistir às curvas da Cadeira Rosini, que remetem ao estilo art déco.
  6. A beleza da madeira natural da Mesa de Jantar Janeiro se destaca na decoração da sala de jantar.
  7. Poltrona Agnes, naquele verde que combina com qualquer decoração.
  8. Assento de pelos rosa-nude e base de metal acobreado: o Puff Andes é sucesso garantido.

Gostou das novidades da Maison & Objet 2019? Com qual dos 3 estilos de decoração lançados na Maison & Objet você mais se identifica? Conte aqui abaixo para a gente!